Dá pra recuperar alguns arquivos deletados, mas tem que contar com a sorte

Atualmente muitos aplicativos em smartphones e outros dispositivos e recuperar conteúdos que foram apagados. Por exemplo o “Fotos” do google, que ao apagar um conteúdo e se arrepender, você pode recuperá-lo na lixeira. Assim também funciona para notebooks, apagando qualquer arquivo, é possível encontrá-lo na lixeira, não só para recuperá-lo mas para dar fim nele de vez.

Novidades
4 meses atrás
Dá pra recuperar alguns arquivos deletados, mas tem que contar com a sorte

Agora vamos pensar se estivermos apagando muito importante, e além de tudo sem querer. O desespero bate e são coisas que acontecem, as vezes na correria do dia-a-dia podemos acabar cometendo esse erro sem perceber. Porém, temos uma boa notícia, com bastante esforço, você ainda sim, consegue restaurar os seus arquivos. Alguns aplicativos prometem te ajudar em relação a essas perdas, em qualquer plataforma.

Nos dispositivos mais modernos, excluir algum conteúdo ou arquivo, não o apaga definitivamente de seu dispositivo. Ele apenas retira aquele arquivo e o manda para outra pasta, liberando uma parte do armazenamento. Se você conseguir ser ágil, pode recuperá-lo sem que ele se transforme em outros dados

Backup

O backup é uma ferramenta muito importante de se manter atualizada, para que todas as informações sempre estejam disponíveis e que o sistema as reconheça. Um dos serviços mais simples que você pode utilizar é o da nuvem, sendo: iCloud, Google Drive, Dropbox e OneDrive, a maioria deles tem a opção de recuperar algum conteúdo.

Se a sua vontade é de manter o armazenamento local do conteúdo ou arquivos para as necessidades do backup, temos duas opções: o macOS possui o TimeMachine (aplicativo de software de backup), e para o Windows, temos o Histórico de arquivos, além de diversas opções que você pode escolher. Você também pode optar por uma unidade de rede ou até mesmo realizar a compra de um disco rígido que, normalmente já vem com um suporte e backup.

Se você escolheu o aplicativo Dropbox, não é preciso ser feito tanto trabalho, pois ele já vem com uma ferramenta de “arquivos excluídos”, onde você consegue ver todos os arquivos que apagou recentemente. Indo diretamente nesta pasta, você consegue recuperar seus itens clicando em “Restaurar”. Nos planos básicos e plus, os arquivos excluídos são mantidos durante 30 dias, e no profissional, 180 dias.

Recuperando arquivos no Windows e macOS.

Se os conteúdos que você selecionou saírem do lixo (macOS) e lixeira (Winwos), você precisará então de uma ferramenta de terceiros para conseguir recuperar esses itens. Uma das melhores opções para o Windows é o Recuva; DMDE e PhotoRec, enquanto para o macOS, temos o Disk Drill; Prosoft Data rescue e o Minitool Mac Data Recovery.

Esses aplicativos são recomendados por várias fontes. Embora os sistemas oferecerem outros recursos para você optar, procure sempre um programa que consiga restaurar seus arquivos como o esperado.

O suporte do Recuva, oferece a opção de um assistente passo a passo ou de uma plataforma mais avançada, exibindo mais controle. Quanto em um, tanto em outro, você consegue escolher o tipo de arquivo que deletou e em qual local esse arquivo se encontrava (se souber). Caso o aplicativo não encontre nada, você pode optar por uma busca mais avançada, verificando dados mais profundos. No entanto, o tempo de busca é muito maior.

No modo avançado do Recuva, a verificação funciona como um semáforo. Caso o arquivo esteja em verde, significa que será fácil recuperá-lo. Selecione o arquivo que você deseja recuperar e veja se será fácil do Recuva consegui-lo de volta.

Normalmente, é preciso que você desligue todos os outros aplicativos durante esse processo de recuperação, isso impede que seus outros dados sejam substituídos pelo sistema. Procure sempre restaurar os arquivos em dados diferentes de onde estavam, isso ajuda a proteger seus dados.

Recuperando arquivos na plataforma Android.

Normalmente, é difícil recuperar arquivos no Android sem um root. No entanto, se os seus dados não estiverem em um cartão de memória, conecte-o no computador e desfrute das ferramentas que foram citadas anteriormente. É algo simples de se fazer, porém, possui riscos, como anular a sua garantia.

Existem algumas plataformas de root que é necessário ser feita para conseguir recuperar os dados, é um grande risco, mas a escolha é sua. Caso você queira realizar desta forma, existem dois que podem te ajudar, lembrando que não é certeza que irá recuperar seus dados, e eles precisam estar associados ao root, são eles: Fonepaw Android Data Recovery e EaseUS Android Data Recovery. Caso você não queria essa plataforma, existem algumas ouras opções de aplicativos para Android, que garantem procurar os arquivos excluídos para você, como: DiskDigger e o Undeleter. Contudo, você também consegue recuperar os dados através da conexão no computador.

Normalmente, é preciso que você desligue todos os outros aplicativos durante esse processo de recuperação, isso impede que seus outros dados sejam substituídos pelo sistema. Procure sempre restaurar os arquivos em dados diferentes de onde estavam, isso ajuda a proteger seus dados.
Normalmente, é preciso que você desligue todos os outros aplicativos durante esse processo de recuperação, isso impede que seus outros dados sejam substituídos pelo sistema. Procure sempre restaurar os arquivos em dados diferentes de onde estavam, isso ajuda a proteger seus dados.

A grande maioria dos arquivos que você possui no celular, normalmente é de outro lugar, exceto as fotos e vídeos. Nesse caso, é uma boa opção o Google Fotos, pois como dito anteriormente, ele já tem um sistema pronto para isso.

Recuperando os arquivos na plataforma do iPhone.

Normalmente, todos os arquivos que você possui no iPhone, são copiados diretamente em algumas plataformas como no iTunes ou na Web. Caso você tenha feito o backup recentemente em umas dessas duas plataformas, é só seguir as opções dentro delas para a recuperação do arquivo.

Caso você queira recuperar suas fotos, como no android, vá em “álbuns” e logo em seguida em “apagados”, onde seus dados continuarão aparecendo por 40 dias antes de serem deletados permanentemente. Com isso, você consegue recuperá-la rapidamente, caso se arrependa ou tenha excluído sem perceber.

Entretanto, existem alguns arquivos que não foram feitos os backups e infelizmente, a recuperação do mesmo será muito limitada. Existe uma ferramenta chamada Dr. Fone iPhone Data Recovery, porém, o acesso aos dados também se encontram limitados.

As vezes não é conseguido restaurar alguns dados, porém o recomendado é, instalar um bom programa de backup e garantir que seja atualizado sempre e com isso, possa garantir todos os seus dados e arquivos, porque as vezes o sistema de recuperação, seja um pouco difícil, conforme citado anteriormente.

*Com informações do Gizmodo.

Bagarai

Este é um blog criado para quem ama tecnologia, assim como nós do Bagarai, aqui você vai encontrar novidades sobre internet, celulares, aplicativos e muito mais...

Vamos Bater um Papo?