Indonésia lança mini foguete ao espaço

O instituto Nacional de Aeronáutica e Espaço (Lapan) da Indonésia, têm seu primeiro minifoguete. Ele foi lançado na província de Java Oriental e pelo seu lançamento ter saído como o esperado, a agência espacial planeja futuras construções maiores e a abertura de seu primeiro espaço porto na província de Papua, que também se localiza na Indonésia.

Novidades
5 meses atrás
Indonésia lança mini foguete ao espaço

O foguete apresenta apenas 2 metros de comprimento, e foi capaz de atingir mais de 100 metros de altura. Segundo Lilis Mariani, chefe do Lapan, o experimento cativou muito os cientistas a trabalharem por algo muito maior. Seus objetivos é que dentro de cinco anos, eles consigam construir seu próprio foguete e fazer com que ele tenha a capacidade de atingir 200 a 30 quilômetros universo adentro.

A Lapan ainda tem muito o que melhorar em diversos aspectos, porém ela já obteve sucesso na produção e desenvolvimento de alguns satélites, podendo aprimorar ainda mais a sua tecnologia. De acordo com Lavi Zuhal, chefe do setor de engenharia do Instituto de Tecnologia de Bandung, que também se encontra na Indonésia, é afirmado que apesar da Lapan ter um bom sucesso no desenvolvimento de satélites, ela ainda precisa de muito aprimoramento em sua tecnologia, ele afirma que os engenheiros da Lapan ainda não dominaram totalmente a ferramenta de tecnologia dos foguetes e que ainda há muito o que desenvolver.

Apesar da Lapan ter um bom sucesso no desenvolvimento de satélites, ela ainda precisa de muito aprimoramento em sua tecnologia, ele afirma que os engenheiros da Lapan ainda não dominaram totalmente a ferramenta de tecnologia dos foguetes e que ainda há muito o que desenvolver.
Apesar da Lapan ter um bom sucesso no desenvolvimento de satélites, ela ainda precisa de muito aprimoramento em sua tecnologia, ele afirma que os engenheiros da Lapan ainda não dominaram totalmente a ferramenta de tecnologia dos foguetes e que ainda há muito o que desenvolver.

Objetivos da Lapan

Afim de se desenvolver e atingir um nível tecnológico em foguetes aprimorado, a Lapan lançou esse projétil em miniatura, com o objetivo de estuar todos os pontos necessários como, velocidade, tamanho, peso, movimento entre outros fatores, para conseguir projetar essa ideia a um modelo maior no futuro.

O chefe de controle de foguetes da agência, Sri Kilawati, afirma que o mini projétil foi estável na decolagem, ou seja, sem precisar provocar destroços ou decolar de forma ineficiente, e que durante o trajeto ele se moveu bem, como o esperado. O objetivo, era estudar afundo o controle desse foguete, afinal eles viajam em uma velocidade muito alta para que tenha que ser observado.

O teste em escala reduzida deu super certo para esse foguete, porém repetir esse teste em um tamanho maior pode demorar um pouco mais. Muitos questionamentos surgem a respeito da agência na Indonésia, e um deles é: Será que a agência consegue realizar esse experimento dentro de cinco anos? Afinal, todo o investimento depende das prioridades do governo, pois esse financiamento vem dos cofres do estado.

O experimento bem-sucedido em Java Oriental, deixou bem claro que a Indonésia está em avançando para uma grande evolução de seus objetivos que é o seu primeiro lançamento orbital.
O experimento bem-sucedido em Java Oriental, deixou bem claro que a Indonésia está em avançando para uma grande evolução de seus objetivos que é o seu primeiro lançamento orbital.

Da Terra para o Universo

O experimento bem-sucedido em Java Oriental, deixou bem claro que a Indonésia está em avançando para uma grande evolução de seus objetivos que é o seu primeiro lançamento orbital. Quem sabe, teremos a notícia do sucesso de seu lançamento dentro de cinco anos? Afinal, a tecnologia do mundo inteiro está mudando e cada vez se aprimorando mais em todos os sentidos, trazendo realidades que eram impossíveis de acontecer, para o possível.

As operações dos Países Asiáticos não começaram de agora, a Lapan por exemplo já está na ativa a pelo menos 60 anos e chegou a ter uma aproximação com a Nasa, que chegou a cogitar em enviar astronautas indonésios ao espaço em meados dos anos 80. O planejado acabou não acontecendo pelo acidente que ocorreu com o ônibus espacial Challenger.

Não só a agência da Indonésia, mas outras agências e Institutos estudam e trabalham muito para o lançamento de foguetes e desenvolvimento de satélites, com objetivo de aprimorar cada vez mais essa tecnologia. Os engenheiros estão cada vez mais se preparando e estudando o controle desses foguetes para que algo muito maior seja lançado em breve.

Com informações do Olhar Digital e Phys.org.

Bagarai

Este é um blog criado para quem ama tecnologia, assim como nós do Bagarai, aqui você vai encontrar novidades sobre internet, celulares, aplicativos e muito mais...

Vamos Bater um Papo?