Mudanças Globais: metade das praias podem desaparecer até 2100

Cientistas afirmam que, segundo pesquisas, metades das praias do mundo podem desaparecer até o ano de 2100, pois devido alterações climáticas, aquecimento global a fatores ambientais causarão um aumento significativo do nível do mar de 50 a 84 cm, cobrindo toda a faixa de areia.

Novidades
4 meses atrás
Mudanças Globais: metade das praias podem desaparecer até 2100

No entanto, foram realizadas pesquisas voltadas a diminuição do combustível fóssil para saberem se iria fazer diferença nesse fenômeno, porém foi observado que mesmo que o uso do combustível fóssil caísse drasticamente, mais de um terço das costas ainda correriam risco de desaparecer.

Segundo informações de Michalis Voudouskas (principal autor do Centro de Pesquisas da Comissão Europeia), as praias tem como função, além do turismo e entretenimento, servir como base de defesa contra eventos climáticos como tempestade da costa e inundações. Com a ausência delas, é muito provável que o impacto causado por esses eventos climáticos será maior.

Praias podem desaparecer pelo mundo
Praias podem desaparecer pelo mundo

De quais Praias estamos falando?

Estudos apontam que, Brasil, Argentina, Rússia, índia, México e China são os países que seriam mais atingidos. Fora os países citados, o outro que mais seria afetado também é a Austrália localizado na Oceania, com um risco enorme de perder 15 mil quilômetros de praias, o que representa 50% do litoral Australiano. Outros países como por exemplo os Estados Unidos, já começaram a tomar medidas preventivas para o possível evento. Segundo estudos, até o final do século, diversos países terão quase 60% de seu litoral afetado.
Urgência

Os especialistas afirmam que apesar do método de pesquisas possuir incertezas, os países devem tomar a iniciativa de prevenção com urgência, pois grande parte das costeiras do mundo todo, estão habitadas. Eles afirmam que o papel do homem no mundo, interfere de forma significativa para que esses eventos aconteçam devido a poluição, efeitos da emissão de gases de efeito estufa entre outros.

Lugares paradizíacos a um passo de desaparecer
Lugares paradizíacos a um passo de desaparecer

A medida preventiva designada a erosão das praias, tanto no papel do homem quanto governamental, reduziriam a intensificação deste evento, consequentemente a atividade econômica e ambiental são sofreriam um impacto tão grande porque além das praias servirem para defesa contra aspectos naturais, ela também é considerada um grande ponto turístico, onde milhares de pessoas aproveitam para passar suas férias, feriados e afins.

Os cientistas estão trabalhando em cima de dois cenários, sendo o primeiro e pior é que as emissões de gases não se alterem e que a Terra continue aumentando de forma gradativa e natural os gases do efeito estufa. Já o segundo cenário, tem como limitação do aquecimento global em até 3°C. No pior dos casos, estima-se que 132 mil quilômetros de praias arenosas desapareceriam, ou seja, representando 49,5%. No segundo caso (menos pior), aproximadamente 95 mil quilômetros seriam afetados.

O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas obteve projeções de que o nível do mar poderia aumentar dentre 50 a 84 cm até o ano de 2100, outros especialistas acreditam que esse valor pode dobrar. Portanto para reduzirmos esses valores e tornar a situação menos pior, podemos fazer nosso papel de população, não jogando lixos na rua, usar de forma conscientizada os gases poluentes para o planeta e o governo de cada país, adotar medidas preventivas, realizando estudos e pesquisas inteligentes para que diminua o efeito dos gases, e trabalhar com consciência na poluição, promover métodos e estratégias para que a mesma não tenha um aumento significativo podendo causar drásticas alterações climáticas e naturais.

Bagarai

Este é um blog criado para quem ama tecnologia, assim como nós do Bagarai, aqui você vai encontrar novidades sobre internet, celulares, aplicativos e muito mais...

Vamos Bater um Papo?