Nova Carteira de Trabalho em formato digital

Desde de setembro de 2019 está disponível o formato digital da CTPS, contribuindo para maior agilidade e praticidade. Qualquer pessoa que tenha o CPF (Cadastro de Pessoa Física) pode solicitar o serviço. No entanto a Carteira de Trabalho ainda poderá ser emitida em meio físico.

Apps
2 semanas atrás
Nova Carteira de Trabalho em formato digital

Entenda como vai funcionar

O aplicativo da CTPS já existe desde 2017, mas ele ainda não representava o documento físico. A partir de agora, a CTPS em meio físico não é mais necessária para a contratação na grande maioria dos casos. Para o trabalhador, basta informar o número do CPF no momento da contratação, e para o empregador, as informações prestadas no eSocial substituem as anotações antes realizadas no documento físico.

Mas isso não quer dizer que a Carteira de Trabalho em formato de caderninho azul não será mais útil. Ela continua sendo um documento para comprovar seu tempo de trabalho anterior. Mesmo com a Carteira de Trabalho digital podendo mostrar contratos de trabalho antigos (dos anos oitenta, por exemplo), é importante nesses casos conservar o documento original.

O que muda é que, daqui para frente, para todos os contratos de trabalho (novos ou já existentes), todas as anotações (férias, salário, etc) serão feitas apenas eletronicamente e você poderá acompanhá-las de qualquer lugar pelo aplicativo ou pela internet.

Nesse novo formato digital o número da carteira digital é o próprio número de CPF. Contudo, a CTPS Digital terá validade apenas como documento para fins de acompanhamento do contrato de trabalho, não sendo válida como documento de identificação.

A Carteira de Trabalho Digital pode ser solicitada pessoalmente nas unidades da Secretaria de Previdência e Trabalho e Poupatempo, ou pelo aplicativo, não há nenhum custo para isso.

Para obtenção da Carteira de Trabalho digital é necessário ter uma conta no gov.br, que será o mesmo cadastro do Meu INSS se você já tiver o cadastro no Portal de Serviços do Governo Federal.

Saiba como navegar no aplicativo da Carteira Digital

Para ter o documento digital, com todas as informações acessíveis no telefone, o trabalhador deve entrar na loja de aplicativos de seu Smartfone (android ou IOS), procurar por “Carteira de Trabalho Digital” e baixar a ferramenta.

Após instalar siga até a última tela que aparece e aperte no botão (Entrar)

Na tela seguinte será necessário primeiro digitar o seu CPF, quem já tiver realizado o cadastro no acesso.gov.br, Sine Fácil ou no meu INSS, precisará apenas colocar seu CPF clicar em próxima, continuar, digitar sua senha, autorizar o uso de dados pessoais e pronto.

Caso você não tenha cadastro, será necessário clicar em “Crie sua conta”

Feito isso preencha os dados solicitados – CPF, Nome Completo, Telefone e E-mail. No final clicar em “Não sou robô”, aceitar os termos e continuar. Para concluir é só responder três perguntas pessoais.

Após este procedimento de criação de senha no acesso.gov.br, acesse novamente o aplicativo digite seu “CPF” e a senha cadastrada, e clique em “ENTRAR”.

Em seguida você terá acesso às telas da sua Carteira de Trabalho Digital, tela principal contendo as três últimas movimentações de seu último vínculo, bem como seus dados pessoais referente a base de dados do Cadastro de Pessoa Física – CPF.

No rodapé do Aplicativo há 4 ícones. O primeiro ícone, corresponde a primeira tela contendo as três últimas movimentações de seu último contrato de trabalho e seus dados pessoais. O segundo ícone, corresponde ao detalhamento dos seus vínculos, contendo os dados mais sensíveis, nesta aba você necessitará responder algumas perguntas sobre sua vida laboral, estas perguntas são para sua segurança, para termos certezas que nenhuma outra pessoa possa acessar suas informações mais sensíveis, como salários e detalhes de seus contratos de trabalhos.

Ao clicar no ícone (Contratos), você será redirecionado novamente a responder as perguntas sobre sua vida laboral, clique em continuar, e siga em frente.

Caso você tenha errado ao menos duas perguntas das cinco apresentadas, você poderá tentar novamente após 24 horas ou emitir pelo internet banking, dos bancos autorizados Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil, caso você tenha conta nesses bancos.

Caso você tenha acertado todas as perguntas, você será redirecionado ao aplicativo novamente, ao clicar no ícone em destaque abaixo, você poderá ter acesso ao detalhamento dos vínculos.

No detalhamento do Contrato, caso você encontre alguma divergência nos dados apresentados, você poderá indicar divergência clicando no ícone com ponto de exclamação. Você poderá clicar em cada item do seu vínculo e indicar uma divergência.

No próximo ícone da tela inicial, é referente a exportação da CTPS em PDF, nesta aba você poderá enviar uma cópia de sua CTPS a qualquer pessoa, comprovando suas experiências profissionais, bem como guardá-la em arquivo PDF, em mídia que você desejar, através de um e-mail, no seu celular ou no seu computador podendo até imprimir.

Acessando esta aba você poderá exportar toda a sua CTPS ou partes dela, selecione as opções que deseja compartilhar e clique no ícone do PDF e posteriormente clique em compartilhar

Na última aba, é referente a “POLÍTICA DE PRIVACIDADE”, “PERGUNTAS FREQUENTES”, “AVALIAÇÃO DO APLICATIVO” e opção para “SAIR”.

Passo a passo para acessar a Carteira digital pela Web

Acesse o site de serviços da MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), caso já seja cadastrado no acesso.gov.br, Sine Fácil ou no MEU INSS é só clicar em “Já tenho cadastro”, se não, “Quero me cadastrar”;

Entrando com seu CPF e senha só seguir e confirmar com o termo de uso dos dados pessoais;

Caso tenha que se cadastrar, o passo é o mesmo que descrito acima (“Crie sua conta” pelo aplicativo);

Feito o processo de cadastramento e acessado o seu login, se ao iniciar aparece uma mensagem informando que algumas informações no seu cadastro podem estar desatualizadas, não impedirá de você ter acesso a Carteira de Trabalho Digital, basta apenas clicar no LINK “CTPS”;

Em seguida você acessará a área do trabalhador, clique no CARD “Carteira de Trabalho Digital”;

Na próxima tela, conterá todas as informações da sua Carteira de Trabalho Digital, ou seja, as três últimas movimentações de seu último vínculo e seus dados pessoais referente a base de dados do Cadastro de Pessoa Física – CPF;

O botão de Continuar, no final da tela, corresponde ao detalhamento dos seus vínculos, contendo os dados mais sensíveis, ao clicar no ícone, caso não seja mostrado o detalhamento dos contratos, você necessitará responder algumas perguntas sobre sua vida laboral, estas perguntas são para sua segurança, para termos certezas que nenhuma outra pessoa possa acessar suas informações mais sensíveis, como salários e detalhes de seus contratos de trabalhos.

Ao clicar em continuar, você será redirecionado a responder as perguntas sobre sua vida laboral, o mesmo procedimento que descrito para o processo pelo aplicativo;

Feito isso, você poderá acessar ao detalhamento dos vínculos empregatícios. No detalhamento de cada contrato, você poderá acessar “DETALHES”, “ANOTAÇÕES”, “OBSERVAÇÕES” e “INDICADORES”;

No detalhamento do Contrato, caso você encontre alguma divergência nos dados apresentados, você poderá indicar divergência clicando no link “INDICAR DIVERGÊNCIA”;

Você poderá clicar em cada item do seu vínculo e indicar uma divergência;

Na tela principal da sua Carteira de Trabalho Digital pela Web, você também poderá baixar sua CTPS para uma versão PDF ou imprimir, podendo enviar a qualquer pessoa, comprovando suas experiências profissionais, bem como guardá-la em arquivo PDF, em mídia desejar, através de um e-mail ou no seu computador;

Na tela de Exportar CTPS, você poderá imprimir toda a sua CTPS ou partes dela, selecione as opções que deseja imprimir e clique no botão imprimir.

Bagarai

Este é um blog criado para quem ama tecnologia, assim como nós do Bagarai, aqui você vai encontrar novidades sobre internet, celulares, aplicativos e muito mais...

Vamos Bater um Papo?