Relentless Studios: Amazon pode virar uma grande desenvolvedora de jogos no futuro

A Amazon, vem dominando o mercado comercial online, e agora, ela está pensando em expandir o seu negócio para o mundo digital, e o que mais está sendo trabalhado e desenvolvido mundialmente que é o mundo dos games. A Amazon, pretende virar uma importante desenvolvedora e distribuidora de jogos de videogame.

Novidades
3 semanas atrás
Relentless Studios: Amazon pode virar uma grande desenvolvedora de jogos no futuro

Nos dias atuais, vivenciando todo o momento de quarentena e pandemia, o mundo dos games foi o que mais cresceu. Já que todos devem ficar em casa por quê não um pouco de entretenimento? De acordo com pesquisas, no mês de março, as compras dos jogos eletrônicos bateu o recorde de vendas comparado aos últimos meses.

A Amazon está se tornando uma grande potência nesse mundo de comércio online, a companhia está se inovando e seguindo o fluxo. A adaptação pros dias em que estamos vivendo não está sendo fácil, mas a companhia tirou de letra em começar a produzir e distribuir novos jogos, pois todos que ficam em casa e curtem um game, optam por jogos e plataformas de vídeo para assistir filmes, séries e muito mais.

A Amazon

A Amazon é um companhia que foi fundada em 1994, por Jeff Bezos. Nessa época, a internet ainda não tinha um grande avanço. Pensando na evolução tecnológica lá na frente, Jeff se propôs a criar um novo modelo de negócios, que era a venda e distribuição de livros online, como o e-book de hoje por exemplo.

Site da Amazon
Site da Amazon

A Amazon chegou ao Brasil no ano de 2012, vendendo apenas livros eletrônicos. Em 2014, expandiram seu negócio e passaram a vender livros físicos, além dos digitais. Em 2017, a Amazon ampliou mais ainda seus modelos de negócio no Brasil, encontrando, atualmente, inúmeras categorias da companhia.

Atualmente, a Amazon está interligada em grande parte do comércio online, ela comercializa diversos produtos, como: vestuários, acessórios, eletrônicos, brinquedos entre outros. Além disso, ela oferece algumas plataformas de serviços como a Amazon Prime (plataforma de streaming, como a Netflix por exemplo, lá você consegue assistir filmes e series por um custo variado); Amazon Web Services (também conhecido como AWS, é uma ferramenta que oferece serviços de computação em nuvem) e Alexa (que é uma assistente virtual).

De acordo com a empresa, seu principal objetivo é reconhecer as necessidades dos consumidores, para então atende-las. A companhia também está muito focada na agilidade e inovação, dois fatores que ajudam a construir uma imagem organizacional do cliente. Hoje, a Amazon está entre as melhores empresas do mundo.

Lançamentos

O primeiro lançamento da companhia para atingir seus objetivos será o game Crucible, que será lançado em 20 de maio. O game é baseado em ficção científica e ele lembra alguns títulos como Overwatch e Team Fotress 2. Os jogadores irão formas equipes para combater os inimigos, além de explorar recursos naturais e conquistar pequenas missões. O jogo conta com 10 caçadores “hunters”, sendo que cada um deles possui uma habilidade diferente, o que varia o estilo de jogador. Durante as partidas, os jogadores deverão se preocupar em acertar o time adversário e também com os perigos que o cenário oferece.

A Amazon, pretende virar uma importante desenvolvedora e distribuidora de jogos de videogame
A Amazon, pretende virar uma importante desenvolvedora e distribuidora de jogos de videogame

O game New Game da Amazon Game Studios, está previsto para lançar em Agosto de 2020. O jogo é passado no ano de 1600, onde os jogadores devem colonizar uma terra fictícia que se chama Aeternum. Além de lutar contra invasores, explorar recursos e defender seu território.

The Grand Tour Game, é um jogo de corrida que é baseado em “The Grand Tour”, uma série de sucesso da Amazon prime. A dublagem do jogo será igual dos três personagens. Novos episódios do game será lançado semanalmente durante a 3 temporada do programa. No jogo, você captura os carros, locais emblemáticos e diversos desafios, incluindo a pista de testes que é característica do programa, o Ebolódromo. O game foi lançado em Janeiro de 2019.

Os três jogos estão sendo muito requisitados, e além disso, a Amazon também criou uma plataforma para jogos em nuvem, a Project tempo, que é um processo é um dos principais investimentos da Amazon na área de entretenimento digital. Esse novo modelo de games em nuvem, teria uma das principais ferramentas a integração com o site de Streaming de jogos Twitch.

Compromissos da companhia

Para demonstrar compromisso na realização da produção desses games, a empresa até nomeou sua divisão de videogames, chamada Relentless Studios, ou seja, pra realmente mostrar que estão firmes nos investimentos da criação de jogos eletrônicos e que darão o seu melhor para construir baseado no entretenimento para seus clientes.

Para demonstrar compromisso na realização da produção desses games, a empresa até nomeou sua divisão de videogames
Para demonstrar compromisso na realização da produção desses games, a empresa até nomeou sua divisão de videogames

Esse nome foi pensando inicialmente por Jeff, para o que se tornou a Amazon atualmente. Uma grande prova disso é que, esse domínio é diretamente dos registros do empresário e a ideia é sempre direcionar o usuário para o site da empresa.

Mike Frazzini vice-presidente de serviços e estúdio de jogos da empresa, afirma que a equipe está trabalhando há muito tempo nesse âmbito, porém para produzir um jogo demora muito, então eles optaram por usar algumas práticas da Amazon para a criação desses games. Toda essa dedicação que vem sendo realizada pela companhia, mostra que é totalmente necessária para mergulhar em um mercado com um enorme potencial. De acordo com algumas pesquisas, os jogos de videogames devem gerar mais de US$ 160 bilhões, convertendo para o nosso dinheiro, chega a aproximadamente R$ 830 bilhões, e um faturamento de 2020. Sendo duas vezes maior que o setor cinematográfico e fonográfico. No entanto, essas pesquisas só mostram o quanto o mundo dos games estão crescendo, e tem mais, as equipes dos consoles promete mudanças na forma de jogar os videogames no futuro.

Prazos VS Pandemia

É esperado pela companhia que esses jogos tragam sucesso, se for como o esperado, a Amazon tem a pretensão de lançar um novo sistema de processamento que se chama Lumbeyard, com o objetivo de aproveitar os benefícios de seus serviços em nuvem, trazendo aventuras e experiências online, como jogos de batalha envolvendo muitos jogadores. Porém, tudo depende de quando conseguirem lançar e o quanto de sucesso irão fazer, pois com a nova pandemia do coronavírus, os prazos estão ficando cada vez mais adiante.

É esperado pela companhia que esses jogos tragam sucesso
É esperado pela companhia que esses jogos tragam sucesso

Comentamos um pouco acima sobre a data de lançamento do jogo Crucible, cujo seu lançamento estava previsto para 20 de maio. Sua primeira data de lançamento era para 31 de Março. Porém as restrições que foram causadas pela pandemia adiaram esse prazo, e agora nos resta esperar para ver se realmente será cumprido no dia 20. O executivo, Louis Castle afirmou o seguinte: “Não sabemos em que ponto o mundo estará dentro de semanas. Decidimos adiar em vez de colocar pressão e um grande peso nos ombros dos integrantes de uma equipe que trabalhou demais em um momento em que as pessoas estão passando por grandes dificuldades”.

Cada dia temos uma surpresa nova em relação a pandemia, então um dia o prazo pode se manter e no outro dia pode simplesmente altera, de acordo com as necessidades de cada empresa.

A Amazon, continua com seus planos para 2020. No terceiro trimestre, o objetivo da companhia é introduzir alguns jogos interativos para a plataforma Twitch, onde os espectadores passam a assistir jogos de outras pessoas. Além disso, a empresa pretender lançar sua primeira versão do sistema Project Tempo (iremos explicar um pouco sobre ele). Porém, os prazos são incertos, como todos os dias, podendo ser alterado para o ano de 2021

O sistema Project Tempo, em nuvem.

A Amazon estava pretendendo lançar sua primeira versão do sistema Project Tempo, nesse último semestre de 2020. O projeto em si, está em desenvolvimento há muito tempo e já teria custado centenas de milhões de dólares. Ao mesmo tempo, a Amazon trabalha para produzir seus games e acompanhar exclusivamente seus lançamentos. Imagina o tanto de coisa a se fazer? Tudo está sendo trabalhado na medida do possível do tempo em que estamos vivendo.

Como dito anteriormente, a Project Tempo tem um de seus principais recursos, a integração com o site de streaming de jogos Twitch, que é propriedade de Jeff Bezos. De acordo com algumas pesquisas, ele é um dos principais investimentos da Amazon no meio digital e o tamanho valor investido permite que a empresa esteja a ponto de competir com aluns serviços parecidos com a dela, sendo eles: Microsoft Project xCloud, Nvidia GeForce Now e Google Stadia.

“É o envolvimento ativo de centenas de milhares de pessoas por longos períodos de tempo que resulta num ótimo produto. Por sorte, somos uma empresa que tem os recursos para deixar essa nova equipe [responsável pelo jogo Crucible] experimentar e se expressar bem lá fora”, diz, Louis Castle, executivo da Amazon.

A Amazon tem uma grande vantagem nesse processo, sendo que ela possui uma vasta rede de Data Centers, partindo da divisão da Amazon Web Services. Isso pode permitir que o serviço tenha uma latência (durante o período) mínimo para quase todos os usuários.

Christoph Hartman, vice-presidente de estúdio e serviço de games da Amazon, afirma que eles estão tentando ao máximo tirar todos os proveitos e recursos possíveis da Amazon para trazer pro ambiente dos games. Tentando facilitar no tempo da criação do jogo e produzir games que façam um grande sucesso, para assim, evoluírem em suas versões.

*Com informações do Olhardigital, Adrenaline e Canaltech.

Bagarai

Este é um blog criado para quem ama tecnologia, assim como nós do Bagarai, aqui você vai encontrar novidades sobre internet, celulares, aplicativos e muito mais...

Vamos Bater um Papo?