Você já viu a paisagem lunar recriada em 4k pela NASA?

Em exatos 13 de Abril de 1970, houve uma explosão de um tanque de oxigênio em direção a Lua que mudou os planos da Nasa para Apollo 13 (voo espacial).

Novidades
5 meses atrás
Você já viu a paisagem lunar recriada em 4k pela NASA?

A missão designada a Apollo 13 era de estudos da ciência, visando locais de grande interesse dos estudiosos da Lua, a formação de Fra Mauro, região de terras altas na Lua, esperando encontrar grandes rochas que foram resultados do impacto violento que formou a bacia do Mare Ibrium.

O que seria a terceira missão tripulada a pousar na Lua, se tornou uma operação de resgate, visando trazer os astronautas Fred Haise, John Swigert e James Lowell em segurança de volta para casa. Pra que isso ocorresse, o Apollo 13 teria que dar a volta na Lua, que daria aproximadamente oito minutos em escuridão e isolamento do lado “oculto” do nosso Satélite.

O satélite Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO), promoveu alguns dados obtidos e por isso a Nasa conseguiu recriar uma imagem em 4K vista pelos astronautas durante a manobra. Em princípio, mostra-se o “pôr da Terra” que foi quando os astronautas perderam a comunicação com a base da Terra, e também vai mostrando o nascer do sol iluminando a paisagem da Lua.

Graças a LRO, é possível ver cada detalhe do nosso satélite, como planícies, penumbras, relevos e rochas com muito mais nitidez do que se uma câmera da época estivesse filmando ou tirando foto. Embora naquele momento possuíssem câmeras a bordo, a explosão afetou de uma maneira geral todo o sistema elétrico da Apollo 13, forçando o desligamento dos aparelhos e equipamentos que não fossem absolutamente essenciais à sobrevivência dos astronautas.

Com o avanço tecnológico, podemos ter acesso cada vez mais aos menores detalhes com uma grande nitidez do nosso satélite.

Eventos Futuros da Nasa

Atualmente a Nasa trabalha para voltaras missões tripuladas ao nosso satélite. Em 2024 começarão com um projeto chamado Artemis, que tem como objetivo realizar missões prolongadas com equipes de 2 a 4 astronautas, e espera começar o desenvolvimento de uma base permanente antes mesmo de 2030. Foram divulgados alguns detalhes de como será o andamento das missões voltada para o programa de Artemis, com objetivos claros de levar um homem e uma mulher à lua em 2024.

Ao contrário do objetivo da Apollo que era político, este programa científico será bem robusto desde o começo, afirma John Connoly, cientista da Nasa.

A primeira missão será com dois astronautas e eles ficarão na superfície lunar por 6 dias e meio, e farão ao menos 4 caminhadas para coletas de dados do gelo lunar e observações científicas.

A Nasa espera realizar um segundo pouso do programas Artemis no ano de 2025, em seguida, entrega de um novo rover pressurizado em 2026, que irá possibilitar um deslocamento maior dos astronautas. Até 2030, a companhia espera estar envolvida nos projetos com o objetivo de realizações de missões com 14 dias de permanência e 4 astronautas envolvidos.

Um dos objetivos principais do programa Artenis é, trazer pelo menos 35 Kg de rocha por missão, com uma carga aproximada de 100Kg, sendo que, no programa Apollo, a Nasa trouxe como coleta 382Kg de rochas em um total de cinco missões tripuladas.

Os estudos dessas rochas coletadas nos trazem uma ideia de como a Terra e a Lua se formaram, desenvolveram, a bilhões de anos atrás.
Eles visam também, iniciar o planejamento e a montagem de instalações com produção de oxigênio e água, que são os elementos essenciais para uma base de longa permanência, tendo assim, oportunidades de realizar estudos científicos mais aperfeiçoados e cada vez mais ati

Bagarai

Este é um blog criado para quem ama tecnologia, assim como nós do Bagarai, aqui você vai encontrar novidades sobre internet, celulares, aplicativos e muito mais...

Vamos Bater um Papo?